Sergio Ramos: “Parece que estamos em uma funerária e amanhã começa a Copa do Mundo”

Tite dá pistas sobre time da estreia
13 de junho de 2018
Vinicius Jr, Rodrygo… E o quanto antes, Paquetá!
15 de junho de 2018
Capitão da Espanha, Sergio Ramos fala que "Julen fez parte do que foi feito, mas precisamos virar a página" e aprova escolha de Hierro

Capitão da Espanha, Sergio Ramos fala que "Julen fez parte do que foi feito, mas precisamos virar a página" e aprova escolha de Hierro

Compartilhe

Dê uma nota pra esse post:

A divulgação da contratação de Julen Lopetegui como treinador do Real Madrid para a próxima temporada foi feita em uma hora imprópria e deixou a seleção espanhola no meio de um furacão às vésperas da Copa do Mundo. O capitão Sergio Ramos falou sobre a demissão do técnico da Espanha em coletiva de imprensa nesta quinta-feira na Rússia.

“Tivemos que virar a página porque não foi agradável, Julen fez parte do que foi feito, a Espanha está no topo, mas temos que virar a página e ninguém melhor que o Hierro para cobrir a ausência do Julen, ele é um dos melhores para estar aqui”, comentou Ramos.

A grande maioria das perguntas da imprensa durante a coletiva foi sobre Lopetegui e as reuniões a federação espanhola com ele, Iniesta e Piqué. E Sergio Ramos explica: “quando você é capitão, você precisa saber mais que o necessário. Podemos opinar, mas as decisões são tomadas por outros. Mas não é bom ficar falando disso constantemente, temos que enfrentar Portugal e é uma estreia complicada na copa”.

Leia também: Julen Lopetegui: conheça o jovem técnico que assumirá o comando do Real Madrid

Ramos também falou da sua função na seleção. “Usar o bracelete de capitão da sua seleção é a melhor coisa que pode acontecer para você. Tudo o que aconteceu deve nos ajudar a ficar mais unidos. Nada vai mudar. O sonho de um país não pode ser maior que um nome”.

“Quero ter a convicção de que temos uma equipe para chegar lá, mas com respeito por todos. Pé firme e passo a passo. A ambição ainda está intacta, devemos encarar o jogo como se fosse o último, não há desculpa, devemos deixar os problemas de fora”

O capitão demonstrou irritação com a insistência no assunto. “Parece que estamos em um funeral e amanhã vamos começar a Copa do Mundo e eu quero terminar com um sorriso”.

Sergio Ramos também foi questionado sobre a possível saída de Cristiano Ronaldo, declarando que prefere que o jogador permaneça no Real Madrid. “Eu prefiro tê-lo jogando a favor e não contra. Ele ele é grande, é um perigo constante em campo”.

Sobre a lesão de Salah na final da Champions League, Ramos se mostra tranquilo. “Eu estou muito tranquilo, com uma consciência limpa. Eles (os que disseram que Ramos lesionou Salah propositalmente) buscam fama e notoriedade. Quem duvida de mim, deveria olhar o meu currículo”.

  Kelvin Beachum Authentic Jersey

Autora

Jornalista, webdesigner, gosto de esportes (principalmente tênis), cinema e de gente talentosa. www.amaisdesign.com.br | www.insightmag.com.br


Compartilhe
Micheli Santos
Micheli Santos
Jornalista, webdesigner, gosto de esportes (principalmente tênis), cinema e de gente talentosa. www.amaisdesign.com.br | www.insightmag.com.br
%d blogueiros gostam disto: