Real Madrid vai de mais a menos, perde para o Girona no Bernabéu e se distancia do líder

Real Madrid e seus laterais decisivos
15 de fevereiro de 2019
A vida 8 ou 80 de Odriozola no Real Madrid: ou é titular ou fica fora da lista de convocados
17 de fevereiro de 2019
Sergio Ramos em ação pelo Real Madrid diante do Girona. Créditos: Antonio Villalba / Real Madrid

Sergio Ramos em ação pelo Real Madrid diante do Girona. Créditos: Antonio Villalba / Real Madrid

Compartilhe

Dê uma nota pra esse post:

Em partida válida pela 24ª rodada da La Liga, o Real Madrid foi vencido pelo Girona no Santiago Bernabéu. Casemiro abriu o placar para os anfitriões, mas Stuani e Portu marcaram e consolidaram o placar de 1-2.

Solari manteve o 4-3-3 e realizou algumas mudanças na equipe titular. Os laterais titulares ganharam descanso, assim como Vinícius Júnior, que começou no banco de reservas após 12 titularidades consecutivas. Pela carga de jogos, boas decisões do treinador argentino, que também voltou a colocar Asensio como titular.

Real Madrid no controle da partida e novo gol de Casemiro

A partida se iniciou sem muitas ocasiões e, a partir do segundo quarto de hora, o Real Madrid iniciou a encontrar ocasiões, com o Girona assustando. Os merengues puderam abrir o placar em boa jogada de Lucas e em ações com Asensio, enquanto os visitantes levavam perigo nos contra-ataques, sobretudo com Stuani.

Posteriormente a estes momentos, o Real Madrid marcou… E com Casemiro, novamente, abrindo o placar. Kroos ganhou a segunda bola de um escanteio que ele mesmo cobrou e cruzou. O brasileiro definiu com um cabeceio certeiro no minuto 25. Terceiro gol do brasileiro em La Liga e segundo jogo consecutivo que marca o primeiro gol do jogo na competição. 1-0.

Casemiro na ação de seu gol. Créditos: Antonio Villalba / Real Madrid

Apesar do evidente perigo dos ataques rápidos do Girona, os anfitriões assumiram o controle da partida e o segundo gol não chegou por pouco. Enquanto Benzema esteve perto de aumentar a vantagem após passe de Odriozola, Marcelo teve um gol anulado por impedimento.

Começo intenso… E final desastroso

Para os 45 minutos complementares, o Girona realizou duas substituições. O Real Madrid, nenhuma, mas voltou ao campo com muita força. Marcelo conquistou um escanteio após boa finalização no primeiro minuto e Benzema esteve perto de marcar em duas ocasiões.

Entretanto, o Girona conseguiu ocasiões apesar do domínio merengue e um pênalti foi assinalado a seu favor por mão de Sergio Ramos. Em um placar curto, uma ação pode mudar o duelo e Stuani empatou a partida no minuto 65. 1-1.

Posteriormente ao empate, o Girona cresceu. Aproveitando-se do nervosismo merengue, os visitantes, com Portu, alcançaram a vantagem 10 minutos depois. 1-2.

De modo desorganizado e com o Bernabéu impaciente, o Real Madrid tentou de todas as formas, mas não conseguiu reverter o placar. Sergio Ramos foi expulso no minuto 89 em uma partida que o Real Madrid foi de mais a menos. Tropeço proibido em um mês desgastante, no qual os merengues deixam pontos importantes… Pagando caro por não definir a partida quando deveria.

Os lampejos de Bale entristecem cada vez mais

Por conta da carga de jogos, as rotações eram necessárias e Solari foi pertinente. O que não foi adequado se simboliza na concentração dos atletas. Todos os jogos são decisões, não importando a grandeza do adversário. Tentaram de tudo? Sim, mas não com a concentração e a intensidade exigidas. Não se pode perder jogos em casa, sobretudo contra equipes como o Girona.

Gareth Bale contamina a equipe negativamente e seu posto no banco de reservas deveria ser personalizado. Contribuições esporádicas não são suficientes nesta equipe, sobretudo de um atleta que não mostra nenhum sinal de intensidade em campo.

Ainda que Vinícius e Asensio tenham buscado o jogo com ambição, um resultado como esse retrata toda a equipe. Em jogos assim, Courtois deve participar esporadicamente do jogo e não ir até a área para buscar um mero empate. No Bernabéu, quem deve mandar a é a equipe que veste branco.

Pobre imagem de um Real Madrid que foi de mais a menos e que deve tirar lições deste tropeço.

Autor

Bacharel, Licenciado e Especialista em Educação Física.
Mestre e aluno de Doutorado em Desenvolvimento Humano e Tecnologias.
Treinador de futebol habilitado pela The FA (Inglaterra) – Nível 1.
Idiomas: Português (brasileiro), Inglês, Espanhol e Italiano.

Instagram e Twitter: @ericmrlima
E-mail: [email protected]
Site: mafiamerengue.com


Compartilhe
Eric Lima
Eric Lima
Bacharel, Licenciado e Especialista em Educação Física. Mestre e aluno de Doutorado em Desenvolvimento Humano e Tecnologias. Treinador de futebol habilitado pela The FA (Inglaterra) - Nível 1. Idiomas: Português (brasileiro), Inglês, Espanhol e Italiano. Instagram e Twitter: @ericmrlima E-mail: [email protected] Site: mafiamerengue.com
%d blogueiros gostam disto: