Para onde Cristiano vai?

O novo quarteto ofensivo de Tite
8 de junho de 2018
Real disposto a pagar 350 milhões de euros por Neymar
9 de junho de 2018
Compartilhe

Dê uma nota pra esse post:

Não posso garantir que estarei no Real Madrid no próximo ano. Falarei mais disso depois. Não tenho nada com o presidente, sempre o tratei como profissional”, disse o português após sua quinta conquista de Champions. O mundo ficou chocado e o fato do clube ter se tornado o primeiro tricampeão seguido da competição, aos poucos, foi perdendo relevância para a pergunta do verão: Para onde Cristiano vai?

 

Os mais conservadores diriam que é um adeus ao futebol de alto nível, pois a idade chega para todos. Para estes, a alternativa é fora da Europa: MLS ou China, a liga norte-americana pagando menos que a asiática, mesmo tendo o entorno mais atrativo para o astro. Sejamos sinceros, esse movimento afastaria todas as chances de continuar lutando pelos títulos que deram forma a carreira incrível do CR7. Parece cedo para esse barco navegar.

 

Sim, é muito cedo. Cristiano Ronaldo detém o DNA vencedor e ao longo de toda sua carreira demonstrou que nunca está satisfeito, sempre quer mais, enquanto pode disputar na excelência do futebol mundial – por este motivo nunca para de treinar, quer sempre estar disposto. Se Cristiano decide sair, há pouquíssimos clubes que podem encarregar uma transação tão poderosa. Não podemos negar, o primeiro destino iminente é Manchester United.

 

Além de estar entre os possíveis destinos, é o clube que o consagrou a nível mundial, ganhou status de estrela ao vencer sua primeira Champions e Bola de Ouro. Contudo, Mourinho seria capaz de abandonar sua equipe já desenhada para adequar Cristiano e fazer sua equipe jogar para o luso? Mesmo sendo economicamente viável, pode não ter o prisma esportivo que Ronaldo deseja: estar entre os melhores da Europa. Sendo esse o problema, na própria Manchester há outro clube capaz de aportar esse potencial.

 

Guardiola chegou ao azul de Manchester e mudou a chave da Premier League. Ganhou a competição que todos juraram que seria impossível sem mudar seus conceitos, mas ele o fez. Quebrou recordes em uma temporada inesquecível para os ingleses, fazendo seu time relembrar e aperfeiçoar momentos que somente o Barcelona havia reproduzido. Seu objetivo mais do que nunca é ter um elenco competitivo para brilhar na maior competição do mundo e para isso, Cristiano Ronaldo seria muito mais do que um simples ajuste. Ainda que muitos críticos julguem-no como um jogador que não adiciona muito na elaboração do jogo, poderia se tornar elemento principal deste jovem time que almeja o sucesso.

 

O último clube, já descartando grandes clubes como Bayern e Juventus – que se assustam com as cifras atuais do mercado e que acreditam no seu modelo de negócio –, é Paris Saint-Germain. O clube francês, que muitos acreditaram ser o destino do gajo anos atrás, dispõe de poder financeiro e tem um presidente ambicioso em busca de títulos em escala mundial, porém tem um problema. Esse problema se chama Neymar.

 

As regras de Fair Play financeiro jamais permitiriam os dois craques juntos no Parc des Princes. O clube parisiense chegou ao limite com Neymar e Mbappé. A chegada de Cristiano envolve a saída de um desses jogadores, tendo Neymar como grande candidato após os rumores e declarações envolvendo o elenco merengue e o astro brasileiro. Este pode ser um ótimo movimento para Florentino, sabendo que mesmo perdendo um dos maiores ídolos do Real Madrid, estaria trazendo sua obsessão para brilhar no Bernabéu. Philadelphia Eagles Authentic Jersey

Autor
Sorry! The Author has not filled his profile.

Compartilhe
Flávio Sander Cruz Santos
Flávio Sander Cruz Santos
Estudante, 20 anos. Madridista de corpo e alma.
%d blogueiros gostam disto: