Os sorrisos já não são válidos quando você está a 16 pontos de distância do Barcelona

Zidane: “Não vamos falar sobre La Liga, vamos jogo a jogo”
7 de janeiro de 2018
Marcelo: “Não podemos fazer mais nada, fazemos o que podemos”
7 de janeiro de 2018

Reação de Zinedine Zidane durante o jogo contra o Celta de Vigo. | AFP PHOTO | MIGUEL RIOPA

Compartilhe

Dê uma nota pra esse post:

Real Madrid atual, o dos 5 títulos em 2017, tornou-se uma alma penada nos últimos meses. Digno de estudo, sem dúvida. Está sendo superado em quase todos os jogos nos últimos meses, por exemplo, como contra Barcelona e Celta e sem esquecer como o Al Jazeera lhe meteu medo no corpo por um bom tempo em Abu Dhabi.

A consequência não seria outra senão os 16 pontos distante do Barcelona, 7 do Atlético e 5 do Valência. Sim, com um jogo a menos, mas hoje valeria apenas 3 pontos. É só vendo para crer no desespero dos madridistas, que não conseguem encontrar uma resposta lógica ao que acontece com um grupo de jogadores que decidiram se desconectar faz tempo deixando saudades de quando viviam no frenesi do sucesso.

A situação não está para sorrisos mas sim para a tomada de decisões. Não vale o discurso da falta de pagamento como argumento para encontrar a ausência de alguns jogadores em certas partidas. O times está jogando mau, mas as sensações são ainda piores.

Casemiro disse assim que o jogo terminou, no microfone de Ricardo Sierra (Movistar) que o Real Madrid nunca se entrega e eles sempre remontam. A história diz assim, mas a realidade atual não se aproxima desse discurso.

A atitude de certos jogadores, com Marcelo na liderança, com sua atitude repreensível no segundo gol do Celta, retrata ele e muitos outros de seus companheiros de equipe, dos quais Keylor Navas, Nacho e Bale podem ser salvos (a melhor notícia) e os dez minutos de Lucas Vázquez.

Em Balaídos estavam jogadores que perderam uma bola e protestaram sobre sei lá o que, outros que estavam assistindo, outros que não prestam para jogar em uma equipe como o Real Madrid e outros que só procuram fazer gol quando a equipe mais precisa dele.

Zinedine Zidane deve meditar no detalhe de que só restam 21 jogos à frente e que deixar rolar, jogo a jogo, pode ser o pior que pode acontecer a uma equipe como o Real Madrid. Ou ele reage e faz seus jogadores reagirem ou a temporada vai ser muito longa e dura. Os 16 pontos doem e os fãs esquecem muito cedo os sucessos recentes.

O Real Madrid não pode se dar ao luxo de entregar uma Liga como essa. Se houver jogadores que não funcionam, por mais que seu passado recente seja glorioso, eles devem abrir caminho para aqueles que querem e podem. E eis que há alguns que agora mesmo não podem. Travis Kelce Jersey

Autor

Redação Portal Máfia Merengue [MME], notícias diárias atualizadas sobre o Real Madrid.


Compartilhe
Redação Máfia Merengue
Redação Máfia Merengue
Redação Portal Máfia Merengue [MME], notícias diárias atualizadas sobre o Real Madrid.
%d blogueiros gostam disto: