Os possíveis substitutos de Zidane

Mãe de Cristiano prefere que ele vá ao Manchester United do que ao PSG
31 de Maio de 2018
Real Madrid descarta a opção de Pochettino ser o novo treinador dos “blancos”
3 de junho de 2018
Compartilhe

Dê uma nota pra esse post:

Zidane anunciou que não seguirá no clube na próxima temporada. O técnico deixou um “legado” histórico no Real Madrid, com 3 Champions League’s seguidas, um título na La Liga, 2 Mundiais de Clubes, 2 Supercopas da Europa e uma Supercopa da Espanha em dois anos e meio dirigindo o clube.

Traremos possíveis substitutos de Zidane no Real Madrid: Joachim Löw, Mauricio Pochettino, Jürgen Klopp, Arsène Wegner e Guti.

Joachim Löw: 

Joachim Low

O alemão sempre foi um dos desejos de Florentino Pérez para dirigir o Real, mas ele vem treinando a seleção alemã desde 2006. Será difícil tirá-lo da Alemanha, mas, se é o Real que bate a sua porta, o técnico estará disposto a escutar a oferta dos “blancos”.

Sua primeira experiência como treinador foi na Suíça na liderança dos jovens do Wintherthur e do Frauenfedl enquanto também era jogador. Em 1995 foi o auxiliar de Rolf Fringer no Stuttgart, mas acabou sendo treinador interino. Também passou pelo Karlsruher em 1999, mas foi demitido por descer o clube para a Terceira. Aconteceu o mesmo em Adanaspor, mas desta vez foi por não cumprir os objetivos,

Seu primeiro título como treinador, foi em 2002 com a conquista da Bundesliga Austríaca com o Tirol Innsbruck e um ano depois, em 2003, recebeu o chamado de Jürgen Klinsmann, para ser seu auxiliar na Copa das Confederações de 2005 e no mundial que aconteceu um ano depois no seu país. A Itália foi a vencedora no duelo contra o anfitrião nas semifinais, e depois dessa partida Jürgen não quis renovar, o que fez Löw ficar no comando da seleção alemã.

Desde que é treinador da seleção alemã ele ganhou o mundial, de 2014 no Brasil, contra a Argentina, com um único gol de Mario Götze na prorrogação, também foi para a final da Eurocopa de 2008, mas perdeu para a Espanha, com um gol de Fernando Torres. Também perdeu nas semifinais da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, também para a Espanha, com um único gol de Puyol, e também perdeu nas semifinais de Eurocopa de 2016 para a França por 2-0, com os dois gols marcados por Griezman.

 

Mauricio Pochettino

Pochettino

O atual treinador do Tottenham, quando era jogador, encerrou sua carreira no Espanyol e começou sua carreira como treinador no mesmo clube, logo após a demissão de Mané, em 2009. Em apenas meia temporada, ele tirou o clube catalão da zona de rebaixamento e a direção renovou seu contrato por mais três anos. Depois de três anos, ele foi demitido pelos maus resultados. Em janeiro de 2013, ele se tornou o novo treinador do Southampton e continuou até o fim da temporada. Na temporada de 2013-2014 levou o clube a oitava posição da Premier League e chamou a atenção de vários clubes ingleses.

Em 2014, conseguiu a sua grande oportunidade em um clube de mais “importância”, no Tottenham, e nesses últimos quatro anos, ele vem formando uma equipe competitiva e uns dos melhores da Premier League. Nestas temporadas, lhe foi dado uma “entidade” com um jogo associativo e conta com um dos melhores goleadores da Europa, Harry Kane. Seu grande trabalho com o Spurs, fez com que o Real notasse ele mais fácil e mais de uma vez.

Em 24 de maio, o clube do Norte de Londres anunciou sua renovação até 2023. “Estou honrado por ter assinado um novo contrato de longo prazo a medida que nos aproximarmos de um dos períodos mais importantes da história do clube e ser o treinador que levará esta equipe para o nosso novo estado de classe mundial “, disse o treinador nas redes sociais do clube.

Jürgen Klopp

Klopp

O treinador alemão é vice-campeão da Liga dos Campeões com o Liverpool depois de perder na final para o Madrid e já estava na agenda “blanca” antes de chegar a Premier. A noite que eliminou Mourinho, treinador naquele ano do Real, da semifinal da Champions League de 2012-2013 (Borussia 4-1 Real(ida)/(volta)Real 2– 0 Borussia), despertou o interesse de Florentino, mas não foi até a demissão de Ancelotti quando eles bateram à sua porta, mas finalmente o escolhido foi Rafael Benítez.

Arsène Wegner

Wegner
Não é a primeira vez o Real procura Wegner. Florentino Perez já foi a procura dele, mas o técnico rejeitou e permaneceu no Arsenal. “Eu rejeitei o Real Madrid duas ou três vezes”, disse ele em uma entrevista. Em uma das cláusulas dos bancos ingleses para construção do Emirates Stadium foi a continuidade de Wenger, então ele permaneceu como o líder dos “Gunners”. O presidente do Real ia dar a ele todo o controle do clube e agora ele tem uma nova oportunidade de levá-lo ao Bernabéu.

Guti

Guti

É uma das apostas dentro da casa. Guti estreou como treinador no cadete “blanco” na temporada 2013-2014 e dois anos depois assumiu o comando do Real Madrid Juvenil B por um ano até passar a Real Madrid Juvenil A em 2016. Deixar um “cartel” muito positivo dentro de “La Fábrica” com o dobro Copa del Rey e da Copa dos Campeões, e as semifinais da Liga da Juventude. Além disso, ele anunciou que está pronto para dar o salto para uma equipe maior.

 

E você, quem escolheria para ser o novo treinador do Real? Curley Culp Womens Jersey

Autor
Sorry! The Author has not filled his profile.

Compartilhe
Léo Quintela Correia
Léo Quintela Correia
Estudante, fanático por futebol e pelo Real Madrid, goleiro. Vamos em busca da 13🏆. ⚪⚽⚪🧡🏆
%d blogueiros gostam disto: