Os mais sacrificados com a chegada de Solari

O renascimento de Lucas Vázquez no Real Madrid
19 de novembro de 2018
Nem Asensio nem Isco chegam perto da melhor temporada de James
22 de novembro de 2018
Compartilhe

Dê uma nota pra esse post:

Solari assumiu o comando do Real Madrid e trouxe com ele várias mudanças, algumas delas estão especialmente no banco de reservas, jogadores que tinham um certo espaço e carinho com o técnico antecessor a Solari e que agora vão ter a obrigação de mostrar que tem qualidades para buscar uma vaga no time titular ou até então para ganhar mais minutos em campo. O primeiro da lista é o goleiro Keylor Navas que apesar de ter feito ótimas temporadas com a camisa branca tem sofrido bastante desde a chegada do belga Courtois perdendo bastante espaço, Lopetegui em sua passagem propôs um rodízio entre eles coisa que o novo treinador não tem feito até então, Courtois é titular no campeonato espanhol e na UEFA Champions League enquanto Navas apenas atua na copa do rei.

Mesmo caso de perca de espaço acontece com isco, desde que Solari assumiu o meio campista espanhol atuou apenas 18 minutos, sua falta de forma foi o que o impediu de ter mais minutos e Solari queria que ele se recuperasse 100% da operação de apendicite que sofreu, resta saber agora depois da data FIFA como fica a situação de isco, aparentemente já está totalmente recuperado tanto que foi titular nos dois jogos da seleção espanhola. E por fim Marco Asensio, a sua situação não é tão difícil quanto a dos outros citados acima, mas a chegada de Solari fez com que Asensio perdesse um pouco de protagonismo no time merengue, com Lopetegui o jovem espanhol chegou até figurar no time titular várias vezes, até agora com o novo treinador só foi titular duas vezes contra o Melilla e Valladolid em ambas as partidas foi substituído, já em Plzen e contra o Celta de Vigo nem jogou, Asensio soma 155 minutos com Solari.

Por outro lado Odriozola (360 min), Reguilón (315 min) e Nacho (295 min) se aproveitaram bastante da troca de técnico e com as lesões no elenco, até o momento os três são os que mais somam minutos com Solari no comando. Resta ver agora depois da pausa pras seleções como o argentino vai se comportar à frente do Madrid, se vai continuar dando minutos a jogadores que não tinham tanto costume ou se vai voltar a dar mais oportunidades a jogadores que em outros momentos já mostraram os seus valores.

Autor

Colunista do maior clube do mundo #HalaMadrid


Compartilhe
Matheus Ramos
Matheus Ramos
Colunista do maior clube do mundo #HalaMadrid

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: