Os cinco fatores chave para a queda do Real Madrid entre agosto e janeiro

A frase de Cristiano Ronaldo para “tranquilizar” os madridistas
9 de janeiro de 2018
A ‘mão lenta’ de Zidane
9 de janeiro de 2018

Pela primeira vez desde que jogo no Barcelona, ??senti que o Real Madrid é superior”. Aquele que disse isso qfoi Gerard Piqué e ele fez isso depois de ver como o time merengue passou por cima do Barcelona, em agosto passado. 5 meses depois, os onze de Zidane ficam 16 pontos atrás do Barcelona e o que era um rolo compressor tornou-se uma máquina defeituosa e facilmente vulnerável.

Na zona nobre do Santiago Bernabéu procuraram uma explicação para o que está acontecendo durante semanas. Não há um único motivo, mas eles detectaram algumas das causas de um colapso sem precedentes e isso leva o Real Madrid a apostar todas as fichas da temporada contra o PSG.

Os motivos da queda merengue

1- Falta de solidariedade

Os jogadores, parte deles, pararam de pensar no grupo. Com o dinheiro das renovações no bolso da maioria deles, a equipe foi relegada para o segundo plano. No gramado em Vigo foram vistos gestos e olhares de censura uns aos outros diante dos acertos de alguns e dos fracassos de outros, com Cristiano Ronaldo como o eixo desses gestos que não levam a nada em nenhuma equipe.

Os dirigentes do clube está insistindo na necessidade de recuperar o espírito de equipe, algo que se perdeu e que eles consideram indispensável para resolver com sucesso o embate contra o PSG. Eles pensam que tem sido a chave nos sucessos recentes e é assim que eles observam os jogadores. Sem jogo em equipe, não há sucessos coletivos e ainda menos individuais.

2- Falhas na cara do gol

Na última temporada, depois de 17 jogos do Real Madrid na Liga (mesmo número de agora), o time de Zidane tinha 40 pontos, com 47 gols a favor e 18 contra, e agora são 32 pontos nesta temporada, com 32 gols a favor e 16 contra. Portanto, a equipe branca perdeu efetividade e precisão.

Por ocasião da Supercopa, tanto na Europa como na Espanha, o Real Madrid foi mais preciso na oportunidade de marcar gols, como ficou claro com os dois títulos conquistados contra o Manchester United e Barcelona, ??o último tomou 5 gols dos madridistas. Neste aspecto, destacam-se os 2 gols de Benzema.

3- Baixo desempenho físico

É impressionante que o desempenho físico não seja o esperado. Nem se aproxima disso. Há jogadores, pelo menos como pensam os dirigentes do clube, que estão longe da sua melhor forma, quer por causa das lesões sofridas, quer porque não alcançaram o nível mínimo exigido ou porque pensam na Copa do Mundo e estão se guardando para o final da temporada.

O método de Antonio Pintus (preparador físico do clube) não está funcionando e uma resposta imediata era esperada no início de 2018, mas no momento não há nenhum sinal disso. As lesões estão sendo uma flagrante coexistência difícil para os objetivos da entidade madridista que, em nenhum momento, passou por estar sem opções na Liga com 21 jogos à frente.

4- Distribuição diferente de minutos no início da temporada e agora

A Supercopa da Espanha, um termômetro que serviu para dizer que o Real Madrid passou por cima do Barcelona, ??veio do revezamento de minutos e com muitos jogadores como Asensio ou Lucas Vázquez, fundamentais especialmente na partida de volta, jogada no Bernabéu. No clássico, ambos desapareceram, embora Asensio tivesse 15 minutos, com tudo pesando contra ele. Outro jogador que foi decisivo foi Kovacic.

5- Falta de ambição e confusão em torno do goleiro

Alguns já estão satisfeitos com os títulos recentes e não lutam com tanta fé como antes . Alguns acreditam que ele têm sua titularidade assegurada nas partidas principais e isso os faz desistir antes do jogo acabar. Outros, no entanto, deram um passo atrás ao acreditarem ser intocáveis ?, sem de fato serem. Os títulos e os sucessos confundem e falta uma voz que relembre a necessidade deles.

Muito se falou sobre o futuro do goleiro, que poderia ser contratado mais um, embora seja verdade que o Keylor Navas está sendo um dos mais aproveitáveis das últimas semanas, mas é verdade que tudo o que foi dito sobre Kepa desviou a atenção do grupo, por sua relação especial com o guarda-redes da Costa Rica. Nomar Garciaparra Womens Jersey

Autor

Redação Portal Máfia Merengue [MME], notícias diárias atualizadas sobre o Real Madrid.

Redação Máfia Merengue
Redação Máfia Merengue
Redação Portal Máfia Merengue [MME], notícias diárias atualizadas sobre o Real Madrid.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: