Não poderia terminar diferente, Florentino, você sabe disso…

Sergio Ramos no Real Madrid
Sergio Ramos
28 de fevereiro de 2019
Vinicius Junior deixa o campo chorando após lesão durante a derrota do Real Madrid para o Ajax por 4 a 1 na Champions League (créditos: reprodução/EI)
Real Madrid perde para o Ajax e Vinicius Junior e Lucas Vazquez saem lesionados
5 de março de 2019
Modric na derrota do Real Madrid para o Ajax, sendo eliminado da Champions League 2019 (Créditos: Helios de la Rubia / Real Madrid)

Modric na derrota do Real Madrid para o Ajax, sendo eliminado da Champions League 2019 (Créditos: Helios de la Rubia / Real Madrid)

Real Madrid é eliminado na Champions pelo Ajax perdendo de 4 a 1, Vinicius Junior sai lesionado e a crise no Santiago Bernabéu só aumenta.

O jogo de hoje não surpreende, apenas é digno de lamentação. Lamentação pelos constantes avisos concedidos pelas temporadas anteriores sobre a renovação do elenco. Lamentação pelo planejamento de uma temporada ser tão falho, após o momento mais bonito da história do clube. Lamentação, Florentino, porque a temporada acabou.

Como esperar a revalidação do título da Champions na temporada dos ‘0-3′? Como sonhar com títulos após perder dois clássicos em casa e levando 4 gols? Como se entusiasmar, Florentino, se os melhores treinador e jogador da história do clube saem… E os que não rendem ficam?

Se Zidane realmente o avisou, aí está o seu primeiro erro. Ele merecia confiança. Hoje, nota-se uma equipe desequilibrada na defesa, sem intensidade no meio… E com alergia de gols no ataque. Algo que, definitivamente, não precisaria ocorrer.

Posteriormente a tantos êxitos, fica a imagem de uma temporada encerrada precocemente e da pior maneira possível: Eliminados da Champions por uma excelente equipe do Ajax, que enfrentou um grupo desorganizado. De um goleiro com altura de uma girafa que toma gols de cobertura ao capitão que estava na arquibancada gravando seu documentário, como é triste depender de Vázquez e cruzamentos na área para vencer.

Da mesma forma que não houve bom planejamento, também não houve merecimento. Não se triunfa assim. A palavra-chave para a próxima temporada entende-se por renovação, com detalhes de revolução. O ciclo acabou, Florentino, você sabe disso e também é ciente que não há ninguém melhor que você para reverter esse cenário.

Treinador e jogadores novos, com ambição por títulos e dispostos a defender o clube com todas as suas forças, traçam o caminho de volta para os dias de glória. A história confirma, Florentino… Os melhores devem estar no Real Madrid. Vá buscá-los.

Autor

Bacharel, Licenciado e Especialista em Educação Física.
Mestre e aluno de Doutorado em Desenvolvimento Humano e Tecnologias.
Treinador de futebol habilitado pela The FA (Inglaterra) – Nível 1.
Idiomas: Português (brasileiro), Inglês, Espanhol e Italiano.

Instagram e Twitter: @ericmrlima
E-mail: [email protected]
Site: mafiamerengue.com

Eric Lima
Eric Lima
Bacharel, Licenciado e Especialista em Educação Física. Mestre e aluno de Doutorado em Desenvolvimento Humano e Tecnologias. Treinador de futebol habilitado pela The FA (Inglaterra) - Nível 1. Idiomas: Português (brasileiro), Inglês, Espanhol e Italiano. Instagram e Twitter: @ericmrlima E-mail: [email protected] Site: mafiamerengue.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: