Kepa Arrizabalaga será o sétimo goleiro basco no time merengue

Emery: “O PSG vem se preparando há anos para ganhar do melhor … e o melhor é o Real Madrid”
6 de janeiro de 2018
Nem Benzema, nem Ramos no último treinamento antes do Celta
6 de janeiro de 2018
Compartilhe

Dê uma nota pra esse post:

Ao longo de mais de cem anos de história, o Real Madrid teve goleiros de todos os cantos do globo. Principalmente espanhóis, muitos vieram da base merengue, mas muitas vezes recorreu ao mercado nacional ou internacional. O País Basco foi sempre terreno fértil de goleiros históricos. No caso da contratação de Kepa Arrizabalaga ser concretizada, ele seria o sétimo goleiro de Euskadi. O primeiro de Vizcaya, visto que os seis restantes vieram de Guipúzcoa.

O primeiro a chegar em Madrid foi Daniel Calleja. Ele fez duas temporadas (47-48 e 48-49) e foi o goleiro Tolosarra o iniciante na partida de inauguração do Santiago Bernabéu, contra os Belenenses, em 14 de dezembro de 1947. Até a data, os brancos jogaram provisoriamente no Metropolitan.

O segundo e mais honrado de todos é Juanito Alonso, que usou a camisa do Madrid entre 1947 e 1961. O Fuenterrabia é o goleiro das cinco primeiras Champions e tem quase 300 jogos com a camisa branca, mas teve que deixar o futebol inesperadamente por causa de uma clavícula quebrada. O Real Madrid lhe prestou uma homenagem de despedida, com uma partida contra o River. Ele faleceu em 1994.

À sombra de Juanito Alonso, outro goleiro basco também lutou por uma posição, Javier Berasaluce. “Juanito jogou mais, mas eu joguei contra o Santos de Pelé”, lembrou recentemente o goleiro de Deba. Juanito e aquele time lendário, é um dos poucos madridistas que se vangloria de ter vencido La Liga e a Champions no mesmo ano, como o time de Zidane.

O goleiro da Azcoitia, José Araquistain, veio do Real Sociedad. Ele é lembrado pela final da sexta Champions League contra o Partizan (2-1) em 1966, embora ele também tenha ganhado seis títulos de La Liga nas sete temporadas em que jogou pelo time merengue.

Goleiros reservas

O time reserva do Real Madrid também teve dois goleiros bascos. O primeiro foi José Manuel Ochotorenaagora assistente na seleção de Julen Lopetegui, o último goleiro basco a usar a camisa do Real Madrid.

Ochotorena foi o reserva de Miguel Ángel. Em suas quatro temporadas (84-88), ele não teve muita sorte. Em seu primeiro jogo como titular, se machucou e, no próximo, o Madrid trouxe Paco Buyo, que ficou com a vaga titular. Ganhou três LaLigas e duas Liga Europa da UEFA.

Finalmente, o atual treinador da seleção espanhola foi adicionado ao elenco madridista, vindo do Real Sociedad B. Ele jogou três anos no Real Madrid Castilla e nas duas campanhas na primeira equipe foi o terceiro goleiro . Buyo era o titular, Agustín ficou como segundo goleiro no seu primeiro ano e Jaro era o reserva em sua última temporada. Donnie Shell Jersey

Autor

Redação Portal Máfia Merengue [MME], notícias diárias atualizadas sobre o Real Madrid.


Compartilhe
Redação Máfia Merengue
Redação Máfia Merengue
Redação Portal Máfia Merengue [MME], notícias diárias atualizadas sobre o Real Madrid.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: