Cristiano não merece menos que Neymar

Cristiano Ronaldo, o Rei dos hat-tricks na Europa
23 de março de 2018
Zidane realiza treino inédito com apenas quatro jogadores
25 de março de 2018

O camisa 7 do Real Madrid se impõe como única estrela do time

Compartilhe

Dê uma nota pra esse post:

Cristiano anda sem controle ultimamente, com uma voracidade artilheira exagerada e assustadora, feito digno do jogador que tem mais gols do que jogos pelo Real Madrid (443 gols em 429 partidas). Desde janeiro tem 21 gols em 11 jogos, um absurdo. Com isso ele equilibra sua temporada atual com as últimas 9, fazendo 37 em 35. Foi apenas com seus gols que o Real Madrid renasceu, em uma situação onde La Liga e Copa do Rei saíram do alcance de um jeito que dava até pena ao ver jogar.

Resultado de imagem para bad real madrid

Aos seus objetivos padrões de cada ano (outra Champions, outra Bola de Ouro, outra Chuteira de Ouro, outro Pichichi), o português acrescenta agora um novo desafio: demonstrar ao seu clube que se equivocaram quando, meses atrás, “ativaram” a Operação Renovar com foco em Neymar.

Por isso iniciou uma caminhada para mudar as marés de agosto, visando uma negociação para sua merecida renovação salarial nas melhores condições, algo que está conseguindo. Tais desafios são o combustível com que Cristiano alimenta sua competitividade desproporcional aos humanos de carne e osso, a mesma que o tornou capaz de disputar o trono com um humano de outro planeta como Messi.

UMA FALTA DE RESPEITO

Próximo do fim do verão, a direção do clube lhe informou que não poderiam melhorar seu contrato, mesmo após promessa feita em junho, após a final de Cardiff, o que fez Cristiano sentir-se traído. Depois da reviravolta acontecida no mercado, com a renovação de contrato do Messi (45 milhões de euros por ano só de salário) e a contratação de Neymar  (222 milhões de euros pela transferência + 35 milhões de euros de salário anual), considero um desrespeito o Real Madrid não considerar aumentar o salário de 23 milhões anuais do Cristiano. A comparação com o argentino do Barcelona (que estava com contrato acabando) e ainda mais com o brasileiro do PSG, um jogador que sequer atingiu seu auge, significava uma afronta ao ganhador de três das últimas 4 Bolas de Ouro. Como costuma comentar em seu círculo privado, é uma questão de respeito e status mais do que o dinheiro em si.

Além da recusa recebida, Cristiano sentiu muito ao saber que, durante seu pior momento técnico no clube, a decisão de não melhorar seu contrato sequer foi comentada diretamente. Se bem que é possível entender a postura de ambas as partes. Cristiano reclamava um aumento pelos seus serviços prestados, enquanto o Real Madrid justificava que não seria prudente pagar ainda mais dinheiro para um atacante de 33 anos que demonstrava sinais de declínio (por ter marcado 2 gols em 10 partidas de La Liga), com mais 3 anos de contrato restantes. É triste como as exigências técnicas desse esporte entendem nada de história.

E para complicar mais ainda esse caso, o clube parece disposto a pagar um altíssimo valor para trazer Neymar, pagando 300 milhões de euros e oferecendo um contrato de salário igual ao que recebe na França: 35 milhões por ano. Doze a mais do que o salário pago a Cristiano. Algo que com certeza não o agrada.

Resultado de imagem para cristiano ronaldo e neymar

O Real Madrid se sentirá na obrigação de negociar.

Foi então que, fiel ao seu mantra de “eu respondo no campo”, se propôs a mostrar merecer esse aumento de salário a base de gols, e demonstrar ao Real Madrid que Cristiano tem futebol para continuar no time. Atualmente, o clube já mudou seus planos depois de perceber que o português segue sendo indispensável, planejando uma negociação com ele ao final da temporada. A proposta gira em torno de 28-30 milhões de euros + metas. Cristiano espera contar com o apoio de Zidane, que há pouco tempo garantiu: “Não imagino um Real Madrid sem Cristiano”. Independente de contratar Neymar, nesse momento o Real Madrid também não quer imaginar isso. Rex Burkhead Jersey

Autor
Redator
Sorry! The Author has not filled his profile.

Compartilhe
Lucas Kalebe
Lucas Kalebe
Estudante de jornalismo, loucamente apaixonado por futebol e madridista de sangue blanco. Nenhuma alegria superará a que senti no minuto 93. [email protected]
%d blogueiros gostam disto: