Courtois ganha força, mas o favorito é Jan Oblak

A situação dos goleiros do Real Madrid é semelhante ao que ocorre na seleção espanhola: o debate nunca se encerra. Em meio a este cenário, o maior campeão da Champions League segue trabalhando nos bastidores para contratar um goleiro que, segundo Eduardo Inda, diretor do OKDiario, tende a ser, no momento, Thibaut Courtois (26).

Inda, no programa El Chiringuito, ressaltou que a situação pode mudar a qualquer momento, tendo em vista que o andamento das negociações é sempre imprevisível, mas segundo o próprio diretor, o nome de Courtois está na pole position, visto que o Chelsea necessita vender e que a negociação pode ter um desfecho próximo dos 40 milhões de euros.

Por mais que os relatórios sobre o goleiro belga sejam positivos, assim como o preço da transação, o diretor do OKDiario afirmou que o presidente Florentino Pérez não está totalmente convencido na contratação de Courtois, pois pensa (segundo Inda) que o atleta de 26 anos falha nos remates rasteiros.

Eduardo Inda ainda salientou que o favorito é Jan Oblak (25), goleiro do Atlético de Madrid, mas Florentino não estaria disposto a entrar em uma guerra com os rivais locais pelo goleiro menos vazado de La Liga. Algo que Inda opina como equivocado por parte do presidente merengue e eu também, pois não há guerra. Existe um contrato, que contém uma multa (de 100 milhões de euros). Não há complicação alguma, é tudo extremamente simples: pague a multa e contrate Jan Oblak que estaria disposto a vir, é um ‘PORTERAZO’ e uma garantia que não é representada nem por Courtois, nem pelos outros goleiros no mercado.

Se penso que 100 milhões de euros constam em um valor caro por um goleiro? Não. ‘Karius’ é perder uma final de Champions League por falhas do goleiro, o prejuízo é imensurável. Todo time começa com um grande goleiro e termina com um grande atacante.

Enquanto Cristiano Ronaldo já representa o segundo requisito, Jan Oblak cumpriria perfeitamente o primeiro. Penso que Keylor Navas é um bom goleiro e seguiria sendo útil ao elenco, já que a chance de contratar Kepa foi desperdiçada para ser o 2º goleiro, jogador que eu certamente aprovaria/gostaria que viesse. Contudo, caso me perguntassem o que eu faria sobre a ‘Operación Portería’ hoje, a minha resposta é sim, eu optaria por simplificar: contrataria Oblak por 100 milhões de euros para ser titular.

Fonte: Tribuna

 Ben Gedeon Authentic Jersey

Eric Lima Subscriber
Sorry! The Author has not filled his profile.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.