Buffon: “Cristiano demonstrou inteligência ao mudar sua forma de jogar”

Um Asensio 2.0 que já é melhor que o da primeira temporada
30 de março de 2018
Os jovens do Real Madrid, condenados a uma saída no verão
31 de março de 2018

O reconhecimento de um goleiro consagrado, declarando sua admiração pelo português.

Compartilhe

Dê uma nota pra esse post:

O capitão da Juventus, Gianluigi Buffon, confessou que sua admiração por Cristiano Ronaldo é sem limites, um companheiro de profissão e adversário na fase quartas de final da Liga dos Campeões.
Buffon disse, em uma entrevista ao vivo na página oficial Juventus no Facebook, que fica impressionado com o atacante português porque “soube aprimorar sua técnica com o tempo, como atleta e jogador”. Também apontou o pragmatismo de Cristiano como um dos pontos que mais admira, por ser muito lúcido e objetivo no que faz. “Vejo que nos últimos anos ele mostrou que é muito inteligente, por ter mudado sua forma de jogar”, acrescentou o goleiro italiano.

Buffon disse que, hoje, Cristiano “gasta menos energia comparado ao que fazia antes”, ao ocupar mais a posição de centroavante em vez da ponta. “Ele é fatal, coloca 100% em tudo que faz, e na frente do gol é um assassino”, disse sorrindo, por saber que ele será o principal responsável por tentar impedir o camisa 7 nas partidas do dia 3 e 11 de abril. “Considerando essa lucidez e foco na frente do gol, acho que só vi Trezeguet”, reconhecendo que o francês foi um dos melhores atacantes com quem dividiu vestiário. “Mas Cristiano já está há quase 20 anos juntando e batendo recorde atrás de recorde”, concluiu Buffon.

Resultado de imagem para casillas buffon

Elogios a Casillas

Na mesma entrevista, Buffon também comentou suas experiências com o ex-capitão do Real Madrid, Iker Casillas, atualmente no Porto. “Casillas, Cech e eu somos goleiros que marcaram um período muito grande do futebol. Isso significa que todos os elogios dados a Casillas são justos e merecidos”.
Também acrescentou dizendo que “Iker, no Real Madrid e no Porto, demonstra que é um atleta e um campeão, um jogador que não é comum”. Ao ser perguntado sobre quais partidas lhe deram mais orgulho e mencionou as ocasiões onde eliminou o Real Madrid da Liga dos Campeões, em 2003 e 2015, além da Copa do Mundo de 2006, onde foi campeão com a seleção italiana. Mitchell Trubisky Authentic Jersey

Autor
Redator
Sorry! The Author has not filled his profile.

Compartilhe
Lucas Kalebe
Lucas Kalebe
Estudante de jornalismo, loucamente apaixonado por futebol e madridista de sangue blanco. Nenhuma alegria superará a que senti no minuto 93. [email protected]
%d blogueiros gostam disto: